Notícias de última hora / Breaking news


NASA, the ultimate symbol of space exploration, turns 60 on July 29. / A NASA, símbolo máximo da exploração espacial, faz 60 anos em 29 de Julho.

domingo, 22 de julho de 2018

Want to peek the Vega rocket factory in Italy? / Querem espreitar a fábrica dos foguetões Vega em Itália?

Calendar of next rocket take-offs / Calendário das próximas descolagens de foguetões.



July 25, Falcon 9, Mission Iridium-7, from Vandenberg, California. The Falcon 9 will put into orbit, at 625 kilometers of altitude, 10 satellites with a total weight of 8.6 tons.

August 2, Falcon 9, Mission Merah Putih (Telkom 4), an Indonesian satellite, will take off from Cape Canaveral, Florida.

August 18, Falcon 9, Telstar Mission 18 VANTAGE, launch from Cape Canaveral.
_________________________________________________________________________________                                                                 
25 de Julho, Falcon 9, Missão Iridium-7, a partir de Vandenberg, Califórnia. O Falcon 9 vai colocar em órbita, a 625 quilómetros de altitude, 10 satélites com um peso total de 8.6 toneladas.

02 de Agosto, Falcon 9, Missão Merah Putih (Telkom 4), um satélite indonésio, descolará do Cabo Canaveral, Flórida.

18 de Agosto, Falcon 9, Missão Telstar 18 VANTAGE, lançamento a partir do Cabo Canaveral.



August 6, Delta IV Heavy, Mission Parker Solar Probe, from Cape Canaveral, Florida.
_________________________________________________________________________________

06 de Agosto, Delta IV Heavy, Missão Parker Solar Probe, a partir do Cabo Canaveral, Flórida.

Parker Solar Probe, another historic NASA mission. / mais uma missão histórica da NASA.
Imagem NASA
July 25, Ariane 5, Mission VA244, composed of 4 satellites from the Galileo constellation, taking off from Kourou in French Guiana.
_________________________________________________________________________________

25 de Julho, Ariane 5, Missão VA244,  composta por 4 satélites da constelação Galileo, descolagem a partir de Kourou na Guiana Francesa.

Imagem Arianespace
August 21, Vega, Mission VV12, Aeolus satellite, takeoff from Kourou.
_________________________________________________________________________________

21 de Agosto, Vega, Missão VV12, satélite Aeolus, descolagem de Kourou.

Satélite meteorológico Aeolus.
Imagem ESA

SpaceX, Telstar 19 VANTAGE, a perfect flight, a fantastic mission / um voo perfeito, uma missão fantástica.









Imagens SpaceX

sábado, 21 de julho de 2018

ESA, Mars Express, photographed dust storm in April / fotografou tempestade de poeira em Abril.

The front of a dust storm, captured by Mars Express in April near the northern ice polar cap.
A frente de uma tempestade de poeira, captada pela Mars Express em Abril próximo da calota polar norte.
Imagem ESA

SpaceX, Falcon 9, will launch a 7-ton satellite at 05:50 GMT on Sunday / vai lançar um satélite de 7 toneladas as 05:50 GMT de Domingo.

It should not be an easy task to put such a heavy satellite into orbit, even for a Falcon 9 Block 5
Não deve ser uma tarefa fácil colocar um satélite tão pesado em órbita, mesmo para um Falcon 9 Block 5
Imagem Space Systems / Loral, LLC
The Telstar 19 VANTAGE satellite, a 7-ton monster, built by the US company Space Systems / Loral, LLC, will be launched from Cape Canaveral by a Falcon 9, which will be the second Block 5 to fly.
This communications satellite is expected to be the heaviest ever placed in orbit and is undoubtedly a challenge to the new Block 5.

O satélite Telstar 19 VANTAGE , um monstro de 7 toneladas, construído pela empresa americana Space Systems / Loral, LLC, vai ser lançado de Cabo Canaveral por um Falcon 9, que será o segundo Block 5 a voar.
Este satélite de comunicações deverá ser o mais pesado alguma vez colocado em órbita e é sem dúvida um desafio à altura do novo Block 5.

Orbex, British aerospace company wants to launch rockets from Scotland / empresa aeroespacial inglesa quer lançar foguetões a partir da Escócia


Gradually, new aerospace companies are emerging everywhere, not just in the United States.
Orbex is a recent English company, which also has subsidiaries in Denmark and Germany and intends to launch its rocket, Prime, from the future spaceport to be built in Sutherland, Scotland.
According to the company's website, very stylish but with little detailed information, Prime will be a small ecological rocket that will use biopropane as a fuel, which will reduce carbon emissions by 90 percent.
The vehicle should be about 1.3 meters in diameter and will be able to place satellites in Sun-synchronous orbits or simply in polar orbits.

Aos poucos, novas empresas aeroespaciais vão aparecendo um pouco por todo o lado e não apenas nos Estados Unidos.
A Orbex é uma empresa inglesa recente, que tem também subsidiárias na Dinamarca e na Alemanha e que pretende lançar o seu foguetão, o Prime, a partir do futuro porto espacial que vai ser construído em Sutherland, na Escócia.
Segundo o site da empresa, muito elegante mas com pouca informação pormenorizada, o Prime será um pequeno foguetão ecológico, que usará como combustível o bio-propano o que permitirá reduzir as emissões de carbono em 90 por cento.
O veículo deverá ter cerca de 1.3 metros de diâmetro e será capaz de colocar satélites em órbitas heliossíncronas ou simplesmente em órbitas polares.

Prime launch illustration. / Ilustração do lançamento do Prime.

Preview of the Prime rocket launch, proudly bearing the British flag.
Antevisão do lançamento do foguetão Prime, ostentando orgulhosamente a bandeira britânica

Illustration of the second stage of Prime dropping a satellite, with new technology, without pyrotechnics or shocks.
Ilustração do segundo andar do Prime largando um satélite, com nova tecnologia, sem pirotecnia nem choques.

Ilustração do futuro porto espacial  em Sutherland, na Escócia.
Imagens Orbex Space

quarta-feira, 18 de julho de 2018

ESO, Very Large Telescope (VLT), eliminates atmospheric effect with new technology / elimina efeito atmosférico com nova tecnologia.

The glorious beauty of Neptune, captured by the european Very Large Telescope (VLT)
A gloriosa beleza de Neptuno, captada pelo europeu Very Large Telescope (VLT)
The VLT ( Very Large Telescope), made up of 4 units with 8-meter reflectors, is nowadays the super-sum of optical telescopes and a true example of continuous evolution and modernization.
This ESO optical system should only be exceeded in capacity by the future ELT, the giant 39-meter telescope that the european organization is building, also in Chile.
But by then, and probably long after, it will remain a vector of extraordinary discoveries.
The latest innovation is called GALACSI and is part of the adaptive optics system of the VLT unit 4, dubbed  Laser Tomography, and it works with the MUSE (Multi Unit Spectroscopic Explorer)  Narrow Field Mode of which we have already spoken .
It uses 4 sodium lasers, 30 centimeters in diameter that are reflected on the atmospheric layer of sodium between 80 and 100 kilometers of altitude, and received and analyzed by 4 WFS (Shack Hartmann Wave Front Sensors) sensors, that achieve the miracle of canceling the shimmering effect of the atmosphere and make it possible to obtain images that rival those of the famous Hubble ...
Below, the incredible images of Neptune and the cluster of NGC 6388 stars obtained by the VLT, which are as good or better than those obtained by NASA's old space telescope.

O VLT, constituído por 4 unidades com reflectores de  8 metros, é actualmente, o supra-sumo dos telescópios ópticos e um verdadeiro exemplo de evolução e modernização contínuas.
Este sistema óptico da ESO, só deverá ser ultrapassado em capacidade pelo futuro ELT, o gigantesco telescópio de 39 metros que a organização europeia está a construir, também no Chile.
Mas, até lá, e provavelmente muito tempo depois, continuará a ser um vector de descobertas extraordinárias.
A mais recente inovação chama-se GALACSI  e faz parte do sistema de óptica adaptativa da unidade 4 do VLT, apelidada de Tomografia a Laser, e funciona com o Modo de Campo Estreito do MUSE ( Multi Unit Spectroscopic Explorer) sobre o qual já aqui falámos.
Usa 4 lasers de sódio, com 30 centímetros de diâmetro que reflectidos pela camada atmosférica de sódio  entre 80 e 100 quilómetros de altitude, e recebidos e analisados por 4 sensores WFS (Shack Hartmann Wave Front Sensors), conseguem o milagre de anular o efeito tremeluzente da atmosfera  e possibilitar a obtenção de imagens que rivalizam com as do famoso Hubble...
Em baixo, as incríveis imagens de Neptuno  e  do aglomerado de estrelas NGC 6388 obtidas pelo VLT, que são tão boas ou melhores do que as obtidas pelo velho telescópio espacial da NASA.

Comparison between the Neptune image obtained with and without the VLT adaptive optics system.
Comparação entre a imagem de Neptuno obtida com o sistema de óptica adaptativa do VLT e sem ele.

Comparison between a Neptune image obtained by the new VLT system and Hubble.
Comparação entre uma imagem de Neptuno obtida pelo novo sistema do VLT e pelo Hubble.

The difference in sharpness between the image obtained by Muse's Narrow Field Mode (with GALACSI) and without it.
A diferença de nitidez entre a imagem obtida pelo Narrow Field Mode do Muse (com o GALACSI) e sem ele.
Imagens ESO

sábado, 7 de julho de 2018

China wants to build one of the biggest rockets in the world. / A China quer construir um dos maiores foguetões do mundo.

Preview of Long March 9 in flight. / Antevisão do Longa Marcha 9 em voo.
GIF from huanqiu.com
Long March 9 will be one of the biggest rockets in the world.
With a diameter of 10 meters, a height between 98 and 101 meters, plus the aid of 5 gigantic lateral thrusters with a diameter of 5 meters each and the capacity to put 140 tons of cargo in low orbit, 44 tons in orbits for lunar transfer and 44 tons in orbit of transfer to Mars, Long March 9 is a rocket that reveals well the space ambition of China and the urgency that this country has in the space domain.
The new rocket will be able to fly much sooner than previously thought, by 2020, and will be the vehicle that will carry the first Chinese spacecraft to Mars, an extremely ambitious and high-risk premiere that will involve an orbital capsule, a landing module and a rover.
Another important objective of the new rocket will be the realization of manned lunar missions.

O Longa Marcha 9 vai ser um dos maiores foguetões do mundo.
Com um diâmetro de 10 metros, uma altura entre os 98 e os 101 metros, mais a ajuda de 5 gigantescos propulsores laterais com um diâmetro de 5 metros cada um e a capacidade de colocar 140 toneladas de carga em órbita baixa, 44 toneladas em órbitas para transferência lunar e 44 toneladas em órbita de transferência para Marte, o Longa Marcha 9 é um foguetão que revela bem a ambição espacial da China e a urgência que este país tem no domínio do espaço.
O novo foguetão, poderá voar bem mais cedo do que se supunha, já em 2020, e será o veiculo que transportará a primeira nave chinesa para Marte, uma estreia extremamente ambiciosa e de alto risco que envolverá uma cápsula orbital, um módulo de aterragem e um rover.
Outro importante objectivo do novo foguetão será a concretização de missões tripuladas lunares.

Illustration of the Long March 9 versions. / Ilustração das versões do Longa Marcha 9.
Image from http://www.aerospaceguide.net

ISRO, India tests escape system for future crews / A Índia testa sistema de escape de futuras tripulações


India has successfully tested the escape system for future manned missions.
The 12.6-ton module flew to an altitude of 2.7 kilometers, propelled by seven small solid-fuel engines designed to quickly remove any crew from the scene in case of an accident.
In a few years we will certainly have ISRO's first manned mission and it's worth waiting to see.

A  Índia testou com sucesso o sistema de escape das futuras missões tripuladas.
O módulo com 12.6 toneladas voou até uma altitude de 2.7 quilómetros, impulsionado por sete pequenos motores de combustível sólido, concebidos para afastarem rápidamente do local a eventual tripulação em caso de acidente.
Dentro de poucos anos teremos certamente a primeira missão tripulada da ISRO e vale a pena esperar para ver.


Emergency take-off of the heavy module.
Descolagem de emergência do pesado módulo.

Return to land safely and away from the accident zone.
Regresso a terra em segurança e longe da zona do acidente.
Imagens ISRO

sexta-feira, 6 de julho de 2018

Ceres, the salty (dwarf) planet / o planeta (anão) salgado.

The hill with the flat top covered with sodium carbonate which is part of the central zone of the Occator crater called the Cerealia Facula.
O monte com o topo plano coberto de carbonato de sódio que é parte da zona central da cratera Occator chamada de Cerealia Facula.

Vinalia Faculae, lies to the east of the center of Occator, and is a mixture of lava veins and  sodium carbonate spots.
Vinalia Faculae, situa-se a este do centro de Occator, e é uma mistura de veios de lava e de zonas de carbonato de sódio.

Cerealia Facula in the center of the crater and Vinalia Faculae on the right.
Cerealia Facula no centro da cratera e Vinalia Faculae à direita.
Imagens Dawn/NASA